5 dicas para reduzir os problemas na entrega de mercadorias

No ramo de transportes, existem muitos obstáculos no dia a dia. Desde as estradas em más condições até a burocracia para o transporte de cargas. Um ponto bem importante neste processo é a carga e descarga de mercadorias. É uma das tarefas mais improdutivas, devido ao tempo de espera prolongado, causando enormes filas de caminhões. Isso é bem recorrente, principalmente, nos portos onde se encontram o maior número de transportadoras. Veja abaixo como reduzir esses problemas:

1 – Planeje os horários

Programe-se para estar no local com antecedência, principalmente se tiver horário marcado. É importante que assim que chegar ao local do embarque ou desembarque, solicitar o documento que comprove o horário de chegada do caminhão nas dependências do cliente. Caso não tenha acesso, você pode entrar em contato com a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) pelo telefone 166. A central funciona 24 horas por dia (inclusive feriados) e aceita ligações de telefone fixo e móveis nacionais. As chamadas são gratuitas.

2 – Faça a conferência dos documentos

Após sair da garagem da transportadora, o motorista é responsável pela carga até a entrega do destinatário. Então, é recomendado antes de sair para a viagem, realizar a conferência dos documentos. Além disso, também é importante verificar se a carga está em ordem.

3 – Agrupe as coletas e entregas

Para otimizar o tempo do motorista, é necessário muita organização. O volume de entregas, geralmente, é realizado de forma frenética. Para isso, uma dica bastante útil é agrupar as coletas e entregas conforme suas características: tamanho de carga, endereço de descarga e ordem de entrega. A organização dos endereços reduz o deslocamento desnecessário, além de facilitar o acesso a cargas.

4 – Seja organizado

Procure saber sobre a carga e onde é o local da entrega. Caso seja preciso, acione a empresa para solicitar um ajudante. Também se atente para a sua permanência no local, pois o caminhão pode atrapalhar o fluxo de outros veículos, desta forma, assim que finalizar a carga ou descarga, retire-se imediatamente.

5 – Escolha a carga de acordo com o caminhão

Existem diferentes carrocerias e estruturas de caminhões. Por isso, é necessário que o motorista busque cargas compatíveis com o seu caminhão. Com essa adaptação, as mercadorias poderão ser facilmente carregadas e descarregadas, com o veículo certo para esse tipo de transporte.

 

 

Veja a lei sobre tempo de carga e descarga

Lei 13.103/2015

Observando os desafios da carga e descarga no transporte, ficou determinado no artigo 15, que após a 5ª hora de atraso, haverá penalidade de cobrança adicional para o responsável pela demora. Outro ponto que ficou estabelecidos foi o valor de R$ 1,38 por tonelada/hora. O peso é considerado a capacidade total do caminhão, não necessariamente o peso transportado. A hora é contada a partir da chegada do veículo ao depósito. Os embarcadores e os destinatários são obrigados a fornecer o documento que comprove o tempo de permanência do motorista no local. Caso não obedeçam a essas determinações, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) poderá multar os responsáveis em até 5% do valor da carga transportada. O valor é reajustado anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

NOTÍCIAS RECENTES

Top

Novidade

Curitiba x Paranaguá

Uma rota com novas possibilidades de negócios foi criada para você: Curitiba x Paranaguá, está com coletas e entregas diárias.

Sua encomenda no destino final em até 24 HORAS.