Paletização: o que é, como funciona e por que utilizar?

Conhecido como um método muito eficaz quando o assunto é organização de estoque, a paletização é responsável por armazenar materiais e produtos, assim como o próprio nome sugere, sobre paletes. Tudo isso serve para facilitar o manuseio da mercadoria de forma rápida e prática. 

No entanto, a paletização não é somente esse aspecto. E para explicar todos os seus diferenciais e por que utilizar nós preparamos este texto. Ficou curioso (a)? Continue a leitura e confira. 

De fato, o que é a paletização e como funciona?

No início deste conteúdo explicamos brevemente do que se trata a paletização. Logo, se tratando de um método de organização ele pode ser feito com diversos materiais como o plástico, madeira e metais. 

Dessa maneira, ao invés de somente empilhar as caixas no chão ou em prateleiras que serão movimentadas uma a uma depois, com a paletização o palete é usado como base. Com isso, movimentar os produtos se torna mais eficiente com o auxílio das transpaleteiras e empilhadeiras.

Por que utilizar a paletização?

As vantagens da paletização para as empresas e indústrias são diversas. Por isso, listamos alguns dos porquês de investir neste método para agilizar a produtividade do seu negócio. 

  1. Mais agilidade: com o método a empresa ganha em agilidade, já que diversos produtos estarão sobre os paletes e prontos para serem transportados de uma única vez. 
  2. Maior espaço no estoque: a partir dos itens organizados sobre os paletes, a empresa incrementa o espaço para estocar os materiais. Isso pode gerar a redução dos custos com estocagem e garantir mais espaço disponível para armazenar outros produtos. 
  3. Menor risco de perdas e danos: os paletes também diminuem o risco de danos e perdas de produtos, já que os colaboradores não precisam manusear um de cada vez. 
  4. Redução no risco de acidentes de trabalho: a paletização facilita o processo de estocagem e movimentação de materiais, o que gera a redução nos riscos de acidentes de trabalho dos colaboradores. 
  5. Rapidez na expedição dos produtos: no momento da expedição e carregamento dos caminhões os paletes ajudam no transporte e na liberação dos materiais. Afinal, a emissão de documentos é toda feita com base em cada palete e não produto por produto. 
30 42 feed 03

Quais os tipos de paletização?

Quadros de armazenagem 

Nessa paletização são utilizados frames de móveis que podem ir até o teto do armazém e os paletes são colocados sobre eles. Neste caso, a ideia é usar todo o espaço disponível no local. Por isso, é uma excelente opção para empresas que necessitam estocar materiais por um longo período. 

Empilhamento por blocos 

Os materiais são colocados no chão do estoque e os demais são inseridos sobre os primeiros, formando uma pilha. Por isso, o empilhamento por blocos é recomendado para indústrias que usam a metodologia LIFO (last in, first out – último a entrar, primeiro a sair). 

Estantes de dupla profundidade 

Neste caso, a empresa pode juntar duas estantes ou utilizar estantes de dupla profundidade para diminuir o espaço para os corredores no estoque. 

Em linhas gerais é um processo muito utilizado pelo setor supermercadista, consiste em acondicionar as mercadorias em paletes, unindo a carga de acordo com as referência e escopo do destinatário, proporcionando uma entrega muito mais eficiente e organizada. 

A Reunidas conta com este método. Que tal implementar na sua empresa? Entre em contato conosco e saiba mais informações. 

NOTÍCIAS RECENTES

Top